Chakra Frontal

A palavra “Chakra” vem do Sânscrito e significa “roda de luz”. Os Chakras são centros de energia, que representam os diferentes aspectos da natureza sutil do ser humano. São eles: corpo físico, emocional, mental e energético. Os sete principais Chakras ficam localizados ao longo da coluna vertebral do corpo humano e, segundo a Tradição Hindu, seguem as cores do arco-íris. Confira abaixo o significado de cada um:


Chakra Frontal

CHAKRA FRONTAL

Cor: azul índigo
Pedras mais usadas: Sodalita, Azurita, Lápis Lazuli, Cianita
Representa a mente e a intuição. A função dupla desse chakra faz com que ele seja um dos mais difíceis de manter o equilíbrio, pois o excesso de uma característica leva à falta da outra.
Quando em desequilíbrio, pode desencadear falta de concentração, medo, cinismo, tensão, pesadelos, e excesso ou falta de sono. Também é recorrente ter um acúmulo de pensamentos.
Chakras
Conhecer os Chakras pode ser proveitoso, pois ajuda a buscar o equilíbrio e desafia as pessoas a se autossuperarem. Para que isso aconteça, é preciso investigar qual Chakra encontra-se em desequilíbrio, ou seja, com excesso ou falta de energia. A partir do momento que enxergamos o negativo e a crise como parte de um processo, iniciamos um movimento de autoaperfeiçoamento, que representa um impulso para o movimento, o crescimento, o aprendizado e a evolução.
A maneira ideal de saber como estão nossos Chakras é através do autoconhecimento. Mas como as vezes a autoanálise é difícil, temos algumas ferramentas que nos ajudam a perceber esses desequilíbrios. A interpretação energética por meio de um questionário ou a medição dos chakras com um pêndulo pode ser feita por um bom terapeuta holístico, que mapeia o que está em desequilíbrio.
É importante entender que os “opostos”, como o excesso e a falta energética, completam-se. Isso significa que eles funcionam como sinalizadores, mostrando onde não estamos sendo verdadeiros conosco e em que aspecto poderemos melhorar.
Para equilibrar e ativar cada um dos Chakras, é possível fazer uso de ferramentas terapêuticas, como meditação, visualização, e pedras e cristais. Confira abaixo um passo-a-passo de meditação e visualização, e abra as portas para um novo mundo: o seu Eu interior.

MEDITAÇÃO COM A PEDRA DO CHAKRA

  • Faça a meditação entre 10 e 20 minutos. Para começar, coloque a pedra sobre o chakra em desequilibrio ou entre as mãos.
  • Sente-se em posição confortável. Relaxe o corpo e respire lenta e profundamente. Olhe detalhadamente a pedra por algum tempo, até ser capaz de fechar os olhos e “vê-la” em todos os seus detalhes. Continue respirando profundamente, deixando os pensamentos fluírem, sem querer apagá-los ou detê-los.
  • Quando tiver alcançado um nível razoável de relaxamento, “veja” a pedra em pensamento. Numa contagem de 1 a 7 ela vai crescendo dentro da sua visualização até ficar do tamanho de uma montanha.
  • Assim que a pedra atingir esse tamanho, veja você mesmo andando na superfície da pedra e a explore. Percorra-a por fora e, se encontrar algum caminho, explore-a por dentro também.
  • Assim que estiver satisfeito com suas explorações, volte ao lugar onde começou e conte novamente de 1 a 7. Mas dessa vez visualizando a pedra diminuir até o tamanho normal.
  • Respire profundamente algumas vezes e movimente-se delicadamente para voltar ao estado de alerta normal. Abra os olhos.
  • Escreva tudo o que viu, ouviu ou sentiu durante sua visualização.
    Essa mentalização pode ser feita uma ou duas vezes na semana.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s